Conceitos essenciais para compreender a natureza

Você compreende a natureza?

Observe a imagem abaixo.

Identifique os elementos presentes na paisagem e os fenômenos naturais que estão ocorrendo.

Estudo do Meio na Ilha do Cardoso - Cananeia / SP. Em busca de compreender a natureza.
Estudo do Meio na Ilha do Cardoso – Cananeia / SP

Tudo está relacionado! Sol, vento, chuva, ondas, dia, noite, inverno, verão, animais se reproduzindo, vegetais crescendo…

Um texto de 1854, a famosa “Carta do Chefe Seattle”, supostamente escrita como um manifesto indígena ao então presidente americano Franklin Pierce, dizia: “Somos todos fios de uma mesma teia. O que acontecer com a teia acontecerá com cada um de nós.”

Essa frase apresenta um princípio básico da Ecologia (Ciência que estuda as relações entre os elementos da natureza): Somos elementos constituintes de um sistema – O planeta Terra. Esse sistema influencia a vida e é influenciado por ela. Logo, estamos sujeitos às interações entre todos os elementos.

Assim, para compreender o que ocorre ao nosso redor, desde o amanhecer até o cair da noite, do anoitecer ao novo amanhecer, em cada dia das estações do ano, precisamos olhar com atenção e identificar os elementos envolvidos nos fenômenos naturais, suas interações e suas ações.

Dirigindo o olhar para estas questões podemos começar a compreender o funcionamento da natureza, percebendo a existência de relações de causa e consequência entre fatos observados, em que um fato certamente causa outro, ou ainda de relações nas quais ao ocorrer um fato, há grande probabilidade de ocorrer outro.

De que maneira os elementos vivos e não vivos estão relacionados? Como cada um pode interferir no outro? O que origina as ondas e os ventos? O que é chuva? Como germina uma semente?

Semente de feijão germinando sobre areia. Em busca de compreender a natureza.
Semente de feijão germinando sobre areia

Conhecimentos básicos para compreender a natureza

Para responder a essas e outras perguntas, alguns conceitos são essenciais:

  • O planeta Terra é um sistema formado por elementos vivos e não vivos.
  • Todos os seres vivos são formados por células, que dependem de energia e matéria-prima para funcionar, se desenvolver e se multiplicar.
  • Elementos vivos dependem de outros elementos (vivos e não vivos) para sobreviver.
  • Há um ciclo de matéria (nutrientes) e energia entre todos os seres vivos.
  • Seres vivos se reproduzem, transmitindo informações de seu organismo para a próxima geração por meio do material genético. A reprodução pode ser sexuada ou assexuada.
  • As características dos seres vivos se transformam ao longo do tempo por meio da seleção natural e evolução. Apenas aqueles com características adequadas sobrevivem diante de desafios que surgem e dificultam a sobrevivência.
  • O mundo está em constante transformação, evidenciada por fenômenos físicos, químicos e biológicos. O planeta é dinâmico e muda constantemente devido à interação entre elementos vivos e não vivos.
  • Toda a matéria existente é formada por pequenas partículas (átomos) organizadas de diferentes maneiras.
  • Matéria e energia interagem o tempo todo. A energia se transforma de um tipo em outro. A energia altera a matéria.
  • Fenômenos naturais ocorrem ciclicamente: Dia e noite, Estações do ano, Ciclo da água na natureza, Ciclo de vida dos seres vivos e outros.

Há outros conceitos relacionados e também bastante importantes, mas dominando esses selecionados você certamente melhorará sua compreensão dos fenômenos naturais que caracterizam nosso mundo.

Consequências da compreensão da natureza

A compreensão dos princípios que regem o funcionamento do planeta e a interação entre elementos vivos e não vivos certamente aumenta a capacidade de identificar detalhes antes não percebidos no ambiente.

Tempestades antes assustadoras tornam-se eventos interessantes do Ciclo da Água. Predadores devorando suas presas são apenas cenas da Teia Alimentar. Pequenos pontos se movendo no chão são animais curiosos e até mesmo simpáticos! A areia dos rios se transforma em um tesouro repleto de pequenos cristais e a areia da praia esconde inúmeras conchas e esqueletos de animais marinhos.

O mundo se torna alvo da curiosidade!

“O conhecimento gera interesse. O interesse gera curiosidade. A curiosidade gera mais conhecimento e vontade de preservar. A vontade de preservar gera respeito e ações que contribuem para a preservação do planeta!”

 

Finalizando

Ao caminhar pela natureza, sejam praias desertas, trilhas nas montanhas ou cavernas escondidas na mata atlântica, passamos por diversos organismos e fenômenos naturais extremamente belos e interessantes. Porém, a falta de conhecimento e compreensão sobre os mesmos muitas vezes nos faz passar por eles sem percebê-los.

Compreendendo os conceitos mencionados anteriormente, e aplicando-os na interpretação daquilo que é observado, ampliamos nosso potencial para explorar, investigar, perceber detalhes, interpretar, compreender e nos maravilhar com o mundo.

Tenho certeza de que esses são motivos bastante convincentes e motivadores para estudar as Ciências da Natureza.

Em outros artigos aprofundarei cada um dos tópicos mencionados acima, apresentando conhecimentos importantes para aqueles que desejam conhecer melhor o mundo em que vivem, do qual fazem parte, e que nos oferece tesouros que merecem ser explorados e conhecidos.

Recomendo a leitura do artigo “O que é Observação investigativa?”, em que são apresentados exemplos de sequências didáticas para desenvolver a capacidade de observação do aluno.

Pense a respeito.

Abraços.

Carlos Eduardo Godoy (Prof. Amparo).

 

Agora peço sua ajuda!

O formulário a seguir leva a uma pesquisa sobre temas de interesse de professores, para que eu possa planejar os artigos futuros.
Você poderia respondê-la? Você poderia compartilhar com seus amigos professores?
O link é https://goo.gl/forms/2FSZ03UPOE5JM8PE3